Connect with us

Famosos

Polícia apura crime de racismo em fala de Rodolffo

Publicado

em

A Secretaria de Polícia Civil do Rio de Janeiro abriu um procedimento nesta terça-feira (6) para investigar se houve crime de racismo por conta se comentários feitos por Rodolffo Matthaus, participante do Big Brother Brasil. As falas do cantor deixou o professor João Luiz desconfortável e virou assunto no Jogo da Discórdia da última segunda.

“Foi instaurado procedimento para apurar o crime de preconceito racial. Imagens estão sendo analisadas e as investigações seguem em andamento”, disse a assessoria da instituição.

Durante a dinâmica, João Luiz expôs a insatisfação aos comentários de Rodolffo, que comparou no último sábado (03) a peruca do homem das cavernas com o do brother. A atitude do sertanejo gerou polêmica nas redes sociais e dividiu opiniões do público.

O sertanejo, por sua vez, ficou surpreendido e chegou a reafirmar a fala no ao vivo dizendo que os cabelos eram sim parecidos. Ao ser criticado por outros brothers, Rodolffo pediu desculpas a João e disse que o próprio pai tinha um cabelo parecido em uma época da vida.

Após a exibição do programa, o assunto ganhou ainda mais as redes sociais e se por um lado os internautas comentavam a atitude de coragem de João, outros defenderam o sertanejo e disseram que ele não teve a intenção de magoar.

Até o momento, a assessoria do artista não se posicionou sobre as investigações. Rodolffo está no paredão e disputa a permanência na casa ao lado de Caio e Gilberto.

Fontes: G1 e Uol.

E aí, gostou desta notícia? Acompanhe outros conteúdos exclusivos no TwitterFacebook e Instagram! Além disso, siga também no Google Notícias para não perder nada!  

Para informar qualquer erro ou falar com a gente por outro motivo, mande email para [email protected]. Agora, se quiser fazer parte da nossa equipe de colaboradores, clique aqui.

Trending