Black Mirror | Equipe de USS Callister não descarta spin-off do episódio

O episódio “USS Callister”que faz parte da quarta temporada de “Black Mirror”, ganhou o Emmy 2018 de Melhor Filme feito para TV no último domingo (9). Após a premiação, o criador da série Charlie Brooker cedeu uma entrevista e falou sobre a possibilidade do episódio ganhar um spin-off.

Quando questionado sobre a viabilidade de uma série derivada, Charlie respondeu “nunca diga nunca”. O diretor de USS CallisterToby Haynes, também já tinha comentado sobre a possibilidade em janeiro deste ano.

“Estava conversando com Louise Sutton, que produziu o episódio e “Metalhead”, e ela teve a brilhante ideia de fazer um spin-off para uma série de TV. Eu adoraria fazer uma série de “USS Callister”. É provavelmente um dos melhores pilotos de série espacial da história. E foi eu que fiz! Acho que Charlie Brooker pode querer trazer de volta em Black Mirror. Mas se vou comandar, não sei. Sendo um grande fã da série, e tendo trabalhado com a equipe, adoraria fazer isso novamente. É um grande presente para mim como diretor”, comentou Toby.

“USS Callister” é o primeiro episódio da quarta temporada da série de antologia Black Mirror. Foi escrito pelo criador da série Charlie Brooker e por William Bridges, dirigido por Toby Haynes e produzido por Louise Sutton. O episódio é uma homenagem à “Star Trek” e conta a história de um solitário e talentoso programador e co-fundador de um popular jogo MMO, que é amargurado com a falta de reconhecimento de sua posição por seus colegas de trabalho. Ele desconta suas frustrações em uma simulação privada do jogo, em que usou o DNA dos colegas para criar simulacros virtuais, agindo como o comandante da nave estelar que dá nome ao episódio, submetendo as versões dos outros à sua vontade e os punindo se eles saem da linha.