in

Além da música brasileira, Azealia Banks critica e ofende Pabllo Vittar

Como de costume Azealia Banks responde seus fãs nas redes sociais e ao ser questionada por um fã sobre um pedido de desculpas à drag queens pelas ofensas à Pabllo Vittar, devido a um acontecimento em novembro do ano passado (2018) quando Azealia cancelou um show no Brasil por dizer que não abriria um show para Pabllo. A rapper norte-americana então se manteve firme quanto á sua opinião, disse que não pediria desculpas e criticou outras cantoras brasileiras (incluindo a dona da voz de “Seu Crime”) de copiarem algo que já existe.

+ METALLICA ANUNCIA 4 SHOWS NO BRASIL EM 2020

“Eu sinto que vários artistas brasileiros têm um estilo ‘audição de American Idol’ que é, honestamente, tão desnecessário. O Brasil tem uma cultura tão profunda, rica e única… A cultura norte-americana é tão vazia e pobre. Meu maior desejo é que Pabllo ache sua verdadeira voz artística. Ela ainda não tem uma, copia o que vê, então ela precisa respeitar uma artista que trabalhou duro e literalmente sofreu para achar sua voz. Dito isso, eu ainda nunca irei abrir para essa vadia e não, eu não sinto muito”, escreveu Azealia ao fã.

Azaelia tentou ainda sair pela tangente quando dizia que estava tentando analisar o mercado e disse que as brasileiras não precisariam copiar o estilo pop dos Estados Unidos: “A maioria das cantoras brasileiras são muito talentosas para apreciarem a cultura ocidental tanto quanto elas apreciam. Por que puxar saco dessas estrelas bregas quando a música brasileira, a bossa nova, o funk, devoram qualquer uma dessas besteiras?”, disse ela.

+ GABBI ASSINA COM A SOM LIVRE E PREPARA LANÇAMENTO COM MARCA ESTRANGEIRA AINDA NESTE MÊS

Voltando a direcionar sua resposta à Pabllo, Azaelia continuou: “Como eu ofendi uma comunidade inteira ao dizer pra uma drag queen que ela não está arrasando como pensa que está? Pabllo me dá uma vibe de artista de nível C ao fazer a arte dele uma réplica em estilo cabaré do que os artistas estão fazendo em mercados de nível A”, criticou a rapper.

Confira:

Não é a primeira vez que Azealia Banks “arruma confusão” com os brasileiros. Em 2017 a artista foi xingada por um seguidor brasileiro de “p*** negra” e decidiu descontar sua raiva em todos os brasileiros dizendo: “Quando esses anormais do terceiro mundo vão parar de fazer spam com esse inglês errado falando sobre algo que não sabem?”, disse ela.

+ ANITTA É CONFIRMADA EM “LITTLE SQUARE”, FAIXA QUE COMPÕE NOVO ÁLBUM DE SNOOP DOGG

Dando mais fervor à briga, a cantora chegou a dizer que os brasileiros deveriam “se preocupar com a economia primeiro”. E logo após, sua publicação foi alvejada de comentários indignados, aos quais Azealia ironizou: “Não sabia que tinha internet na favela” e os brasileiros criaram a campanha para o Twitter com a hashtag #DenuciemAContaDaSandalia, que entrou para os trending topics mundiais e chegou às autoridades da rede social que derrubou o perfil da artista.

Como já dito, no ano passado (2018), Azealia Banks se despediu do Brasil com uma confusão em Fortaleza quando cancelou sua apresentação no evento, por conta de que deveria se apresentar antes de Pabllo Vittar. Após o acontecimento os fãs brasileiros resolveram mostrar para a cantora o quanto a drag queen brasileira era importante para o nosso país e ela resolveu responder dizendo “Eu nunca mais irei ao Brasil”, leia:

+ VITÃO, MELIM, MANEVA E ANA CLARA HOMENAGEIAM ZECA PAGODINHO COM O EP “ZECA 6.0”

“7 milhões de fãs no Brasil literalmente não significam nada na grande indústria. É considerado um mercado ‘B-C’. Não um mercado ‘A’. EU NÃO FAÇO AS REGRAS. Azealia Banks é uma figura icônica na cultura feminina, gay e fashion INTERNACIONAL, e vocês vão respeitá-la ou não a terão. Eu não perco nada em nunca mais voltar ao Brasil. E acredite em mim – a forma como vocês me incomodaram… eu NUNCA MAIS irei ao Brasil. Nem mesmo para passar férias. Boa viagem. Já tive o suficiente com gays brasileiros me xingando com inglês mal falado e me implorando por sabonetes e ingressos de graça. Tentei dar o meu melhor, mas vocês se viraram contra mim por nada. JÁ CHEGA”

Entrevista | Kafé se junta a Gloria Groove em “Chama” e fala sobre o trabalho: “Sou apaixonado por arte em suas diversas formas”

“Socorro, Virei Uma Garota!”, mostra mensagem importante sobre aceitação e autoconhecimento com grande dose de comédia | Crítica