Connect with us

Famosos

Lea Michele se posiciona após acusações de racismo: “Peço desculpas”

Publicado

em

SAMANTHA LEA MICHELE

Lea Michele divulgou nesta quarta (03) uma carta aberta onde se desculpa pelas recentes acusações de racismo vindas de Samantha Ware, ex-colega de elenco em “Glee”. Sem mencionar Ware e falando mais num contexto geral, Lea pediu desculpas por tal comportamento mesmo que, segundo ela, não se lembre de ter feito as afirmações.

Apesar de não lembrar das declarações específicas, e eu nunca julguei pessoas por seu histórico ou cor de pele, este não é o ponto. O que importa é que eu claramente agi de modos que machucaram outras pessoas.“, disse Michele, que foi acusada por Ware de ter feito da estreia dela na televisão um inferno.

Se foi minha posição privilegiada e perspectiva que colaboraram para que eu fosse percebida como insensível ou inapropriada em certos momentos, ou se foi só minha imaturidade e o fato de eu ser desnecessariamente difícil, eu peço desculpas pelo meu comportamento e qualquer dor que eu possa ter causado.”, completou.

A atriz e compositora continua dizendo está arrependida e que usou os últimos meses para refletir sobre as próprias falhas. Lea, que está gravida do primeiro filho, finaliza texto dizendo que está buscando melhorar para se tornar um verdadeiro exemplo para a criança que está para nascer nos próximos meses.

Eu vou me tornar uma mãe em alguns meses e sei que eu preciso continuar a melhorar e assumir responsabilidade por minhas ações para que eu possa ser um modelo para meu filho e passar lições e erros para que ele possa aprender.“, finaliza.

Leia a tradução na íntegra:

“Uma das lições mais importantes das últimas semanas é que todos nós precisamos de um tempo para ouvir e entender as perspectivas das outras pessoas, e perceber o papel que nós tivemos, para ajudar a tratar as injustiças que elas encararam. Quando eu tuitei no outro dia, era para ser um apoio aos nossos amigos, vizinhos e comunidades não-caucasianas durante este momento difícil, mas as respostas que eu tive também me fizeram focar especificamente no meu próprio comportamento com colegas de elenco, e como ele foi percebido por eles.

Apesar de não lembrar das declarações específicas, e eu nunca julguei pessoas por seu histórico ou cor de pele, este não é o ponto. O que importa é que eu claramente agi de modos que machucaram outras pessoas. Se foi minha posição privilegiada e perspectiva que colaboraram para que eu fosse percebida como insensível ou inapropriada em certos momentos, ou se foi só minha imaturidade e o fato de eu ser desnecessariamente difícil, eu peço desculpas pelo meu comportamento e qualquer dor que eu possa ter causado. Todos podemos crescer e mudar e eu definitivamente usei os últimos meses para refletir sobre os meus próprios defeitos.

Eu vou me tornar uma mãe em alguns meses e sei que eu preciso continuar a melhorar e assumir responsabilidade por minhas ações para que eu possa ser um modelo para meu filho e passar lições e erros para que ele possa aprender. Eu ouvi as críticas, estou aprendendo, e apesar de estar arrependida, eu vou ser uma pessoa melhor no futuro por causa desta experiência.”

Publicidade:

Facebook

Twitter

Trending