Connect with us

Cobertura de Shows

Turma do Pagode, Mumuzinho e Thiaguinho agitam o Arena Show com muito samba no pé

Publicado

em

Design sem nome 4

O The Arena Show – espaço voltado para atrações culturais no Complexo Arena Corinthians, na Zona Leste, recebeu neste domingo (15/09), três dos maiores nomes do Samba da atualidade. Turma do Pagode, Mumuzinho e Thiaguinho, agitaram a noite de São Paulo com muito samba no pé e uma energia maravilhosa. 

O show começou com a apresentação da Turma do Pagode. Com uma mistura dos seus  maiores sucessos ao longo da carreira como as clássicas “Camisa 10”’  e “‘Lancinho” e, músicas do novo projeto “Misturadin 1” e “Misturadin 2”, os caras tiraram o público do chão com muita empolgação, batucada e muito samba no pé, Além de ter uma grande interação com o público, sempre conversando e contando histórias ao longo da show.

+Entrevista | Turma do Pagode fala sobre ‘’Misturadin 2’’, carreira, parcerias e mais

A apresentação do Mumuzinho, foi marcante. Além de, encher ainda mais a Arena com suas músicas de maiores sucessos, O cantor fez homenagem também à grandes nomes do samba Brasileiro, como o Grupo Revelação, fazendo o público cantar cada trechinho das canções com muita animação que só o Mumuzinho consegue levar. A  apresentação também contou um efeitos de luzes que deixou o palco ainda mais bonito, além de contar com um drone dando foco na lua e sendo mostrado para todos no telão. O que deixou a apresentação ainda mais cativante e bonita.

Fechando com chave de ouro, a apresentação do Thiaguinho foi impecável. O cantor começou com suas músicas mais recentes, intercalando com canções mais antigas, o que levou o público a vibrar. O cantor lotou todas as partes da Arena, e não deixou ninguém ficar parado. Thiaguinho tem uma presença de palco maravilhosa, misturando referências como pagode, samba, R&B e pop, além de uma coreografia presente em cada música, o que torna o artista versátil e com uma pegada um pouco mais diferente do que outros artistas do meio. O cantor também interagiu bastante com o público, que retribui todas as suas fala.

Cada artista teve uma média de 1h30m de apresentação, sem perder o ritmo e o foco. Nos  intervalos entre um cantor e outro, o grupo Recado aos Bambas, projeto do Chapinha – um dos fundadores do Samba da Vela, realizou uma roda de samba não deixando ninguém parado. Além, de  bares por todos os lados com grandes opções de bebidas para todo o gosto, seguranças e lanchonetes.

Toda  a estrutura do evento  estava completamente organizada. A presença  de filmagens com drones, telões de leds e “selfies online”, onde imagens de  todo o público da arena estava sendo transmitida ao vivo no telão, deixou o evento ainda mais mágico e  divertido para todos que estavam presentes. Sem dúvidas foi um festival inesquecível para os amantes do pagode e samba!

Continue lendo

Trending